Fernanda Ezabella

Hollywood e outras viagens

 

Globo de Ouro: Angelina x Almodóvar x Irã

 
 

Globo de Ouro: Angelina x Almodóvar x Irã

Para quem estiver em Los Angeles neste sábado, um programão: os diretores indicados ao Globo de Ouro de filme estrangeiro vão participar de um debate na American Cinematheque (Egyptian Theatre).

Estarão lá Angelina Jolie (indicada por "In the Land of Blood and Honey", foto acima), Pedro Almodóvar ("A Pele que Habito"), Jean-Pierre & Luc Dardenne ("The Kid with a Bike"), Asghar Farhadi ("A Separação") e Zhang Yimou ("The Flowers of War").

O evento é gratuito e, no ano passado, não tinha nem fila pra entrar. Começa às 13h. O Egyptian Theatre fica na Hollywood Boulevard, número 6712.

E o vencedor do Globo de Ouro sai no domingo. Acho que vai dar "A Separação", iraniano... vamos ver.

Escrito por Fernanda Ezabella às 03h59

Comentários () | Enviar por e-mail | Cinema e TV | PermalinkPermalink #

Músico do Flight of the Conchords bate Elton John

Bret McKenzie, da dupla Flight of the Conchords, ganhou o prêmio do Critics' Choice por melhor música de filme, “Life’s a Happy Song”, parte da trilha sonora de "Os Muppets".

O músico e ator neozelandês bateu Elton John e Mary J. Blige. Ele também está na lista de cerca de 40 compositores que podem ser indicados ao Oscar da categoria.

Além da canção vencedora, McKenzie também disputava com outras duas do mesmo filme, o qual era diretor musical: "Man or Muppet" e "Pictures in My Head".

Elton John concorria com a música "Hello, Hello", da animação "Gnomeo e Julieta", e Mary J. Blige com "The Living Proof", de "Histórias Cruzadas".

Pra quem não lembra, Flight of the Conchords foi também uma série genial da HBO. O clipe abaixo é um dos meus favoritos.

Para quem quiser acompanhar o blog, siga a página no Facebook

Escrito por Fernanda Ezabella às 05h21

Comentários () | Enviar por e-mail | Cinema e TV | PermalinkPermalink #

E o Oscar já tem um favorito!

Foi anunciado agora há pouco um dos prêmios mais certeiros do Oscar: o Critics' Choice Awards, escolhido pela Broadcast Film Critics Association, maior e mais influente associação de críticos dos EUA e Canadá.

E o troféu de melhor filme e direção de 2011 ficou com "The Artist" e seu diretor, o francês Michel Hazanavicius.

O longa presta uma homenagem aos filmes antigos de Hollywood e é todo feito em preto e branco e quase completamente mudo. 

Nos últimos 10 anos, 80 por cento dos ganhadores de melhor filme do Critics' Choice Awards ficaram também com o Oscar da categoria.

Mas 2010 foi uma das exceções: ganhou "A Rede Social", e o Oscar foi para "O Discurso do Rei".

Outros vencedores da noite foram: George Clooney (melhor ator por "Os Descendentes”), Viola Davis (melhor atriz por "Histórias Cruzadas"), "Meia-Noite em Paris" (melhor roteiro original) e "O Homem que Mudou o Jogo" (melhor roteiro adaptado).

Outros três filmes que já falei bastante aqui no blog também saíram vencedores: "Drive", melhor longa de ação", "Missão Madrinha de Casamento", melhor comédia, e "A Separação", melhor filme estrangeiro.

Engraçado que hoje, numa pauta que fui fazer no hotel Four Seasons, vi a atriz principal do "The Artist" esperando o carrão para ir à cerimônia do prêmio, num vestido lindo azul brilhante.

Por um tempo, fiquei pensando, "conheço de algum lugar". Depois caiu a ficha que era Bérénice Bejo, mas tão diferente ao vivo e a cores... 

Para quem quiser acompanhar o blog, siga a página no Facebook

Escrito por Fernanda Ezabella às 04h50

Comentários () | Enviar por e-mail | Cinema e TV | PermalinkPermalink #

Um parque para ver o pôr-do-sol

 
 

Um parque para ver o pôr-do-sol

Outro lugar bacana de Los Angeles para ver o sol se por (ou fazer um pouco de exercício e queimar os x-burgers) é o Runyon Canyon Park, entrada gratuita.

Dá para ter uma visão linda da cidade, ver o letreiro de Hollywood, casas chiques de Hollywood Hills e, talvez, cruzar com alguma celebridade.

Costumo fazer caminhadas por lá sempre que possível. Já vi o Oscar do "The Office" e a Lynette do "Desperate Housewives".

O parque é uma descida só (ou subida), e o povo vai para caminhar, levar o cachorro pra passear (muitos) ou até mesmo correr.

Dá para entrar pelo portão sul -- no final da Fuller Avenue, em Hollywood -- ou pelo portão norte -- na altura dos 7300 da Mulholland Drive.

Escrito por Fernanda Ezabella às 03h43

Comentários () | Enviar por e-mail | Viagens | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Silvio E. G. Cioffi Fernanda Ezabella é correspondente da Folha em Los Angeles e escreve sobre a vida em Hollywood, as novidades do Vale do Silício e as aventuras do roller derby.
Twitter Facebook RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.